5 sinais de que você deve mudar de emprego

08/05/2014 - A decisão de mudar de emprego não é nada fácil, mas existem sinais que podem ajudá-lo a fazer a escolha certa. Veja 5 deles Nem todo mundo é apaixonado por aquilo que faz, mas ter interesse pela atividade é essencial Você se sente cansado com o seu trabalho atual, entretanto não sabe ainda se deve trocar de trabalho? Essa é uma decisão difícil e que exige bastante reflexão, mas existem sinais do seu cotidiano que podem indicar que é hora de mudar de emprego. Veja quais são: 1 – Você se sente mal só de pensar no seu trabalho Você sente medo – ou pelo menos desconforto – quando pensa no seu trabalho? Noites de sono mal dormidas, alimentação desregulada e estresse excessivo podem indicar que sua carreira está fazendo mal a você e que talvez seja melhor mudar os seus rumos. 2 – Você sente que seu emprego é inútil Quando fala do seu emprego, você não sente animação ou interesse, apenas desanimo. Isso não é nada bom: é claro que nem todo mundo é apaixonado por aquilo que faz, entretanto ter interesse pela atividade é essencial. Se você não o tem, talvez seja hora de repensar a sua vida profissional. 3 – Você acha que não aprendeu nada Querendo ou não, todos entram num novo emprego com expectativas salariais e de aprendizado, afinal, trata-se de uma nova empresa que carrega consigo seus próprios valores e métodos de trabalho. É justamente por isso que sentir que não aprendeu nada é um péssimo sinal. 4 – Você se sente frustrado Às vezes você se pergunta se o problema está em si mesmo ou no seu trabalho. Se a sua frustração com a atividade, os colegas e a empresa é grande, considere uma mudança. 5 – Você não imagina o futuro Fazer planos é essencial. Muitas vezes são os nossos projetos que nos fazem seguir em frente, portanto se imaginar no futuro é muito importante. Se você não consegue se ver de forma alguma na mesma atividade que desempenha, reveja os seus conceitos e analise se realmente vale a pena continuar no seu trabalho atual. Shutterstock
Fonte: Universia Brasil


Comentários da notícia