Entenda a importância de ensinar técnicas de digitação aos seus alunos

05/05/2014 - Um bom professor vai além da teoria e ensina habilidades ao estudante. Pensando nisso, entenda a importância de ensinar técnicas de digitação aos seus alunos Cabe também aos professores a tarefa de inserir o aluno no mundo digital Se você nasceu até a década de 1990, certamente deve se lembrar dos trabalhos escolares feitos em folhas de papel almaço e cartolinas coloridas. Esses itens faziam parte da vida escolar de todos os estudantes, mas se tornaram raríssimos com a entrada da tecnologia na educação. Com as mudanças, cabe também aos professores a tarefa de inserir o aluno no mundo digital e ensiná-los habilidades como técnicas de digitação que são essenciais para isso. Além de ser uma habilidade bastante útil na vida acadêmica, a digitação é fundamental profissionalmente aos estudantes, afinal a maioria dos funcionários exerce várias atividades em computadores. Uma boa forma de prepará-los para o futuro é, portanto, instruindo-os desde cedo sobre técnicas de digitação. Os professores podem fazer isso estimulando o uso de algumas ferramentas online. O TypingWeb.com, por exemplo, é bastante interessante: além de ensinar regras básicas da boa digitação, o site oferece games para que os usuários pratiquem o que aprenderam. O Ratatype.com é outra boa opção e conta com jogos, testes de velocidade e dicas para melhorar rapidamente a rapidez e a precisão da digitação. Para que essa melhoria ocorra, mais do que o mero estímulo ao uso das ferramentas, é necessário que o professor realmente esteja realmente disposto a abraçar a tecnologia, caso contrário as aulas serão vagas e pouco proveitosas. Cabe ao professor transmitir os seus conhecimentos de forma a estimular a classe - pense nisso. Portanto, fique atento, professor! Se você se preocupa com o futuro dos seus alunos, ensine-os mais do que conteúdos teóricos. Mostre a eles habilidades que serão cobradas durante toda a vida e seja um mestre que faz a diferença para os seus estudantes. Shutterstock
Fonte: Universia Brasil


Comentários da notícia