Como será a roupa do futuro e quais as tecnologias já existem na moda

Estilistas e designers testam recursos da engenharia mecânica e elétrica para criar novas possibilidades de uso de produtos já conhecidos

As novas tecnologias também estão disponíveis em roupas e acessórios. As inovações de produtos desenvolvidos por estilistas e designers nem sempre são tão visíveis, mas detalhes fazem a diferença para garantir mais conforto e versatilidade.

Conforme os itens eletrônicos ficam menores e delicados mais são usados na moda. Um dos desafios de criar a roupa do futuro é fazer com que o resultado pareça convencional apesar de moderno.

"As peças que usam baterias, sensores e linhas condutivas precisam ter um acabamento melhor para não ter a aparência de uma engenhoca com fios", diz o professor do curso de moda da Faculdade Santa Marcelina Guto Marinho.

Roupa feita em casa

A tecnologia pode até substituir linhas de costura e tecidos. A estilistas Iris Van Herpen foi uma das pioneiras a levar para a passarela modelos vestidas com roupas feitas totalmente em uma impressora 3D.

"Nunca existiu na história da moda um equipamento que permitisse a criação de tantas formas complexas como a impressora 3D", afirma o professor Marinho.

A modernização no mundo da moda impacta também na forma de ir às compras. Um produto pode ir direto para a casa do cliente sem nem passar pelos cabides das lojas. Uma das inovações de mercado possíveis é a impressão 3D de peças com as medidas do cliente a partir de um projeto vendido pela marca na internet.

"No futuro, será possível produzir uma peça em casa. No caso de acessórios, como bolsa, colares e brincos, o uso da impressora 3D é ainda mais fácil por não ser necessário criar tamanho diferentes", explica o professor.

A personalização é outro possível caminho da moda, segundo o professor. A pessoa informará à loja qual cor, estampa ou bordado gostaria de colocar em um tênis, por exemplo, e será produzido aquele item único para aquele cliente.

Novas roupas, novas funções

Outra preocupação da moda é a funcionalidade. Uma jaqueta pode ter sensores capazes de atender ligações, trocar de música ou aumentar o volume do som com um passar de mão na manga.

Uma roupa pode até mesmo mudar de estilo com a ajuda da tecnologia. O estilista Hussen Chalayn inovou ao levar para a passarela roupas que ficam mais curtas e até abrem decotes ou fendas sozinhas. Uma marca famosa de tênis conseguiu até criar o projeto de um tênis que se amarra sozinho, assim como no filme "De volta para o Futuro".

"Tudo o que é novo as pessoas estranham no começo, mas vai ganhando espaço quando começam a ver um sentido e uma utilidade além do visual", diz o professor.


Fonte: https://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/como-sera-a-roupa-do-futuro-e-quais-as-tecnologias-ja-existem-na-moda-23052019


Comentários da notícia