Governo de minas investe em tecnologia de ponta para qualificação de professores

02/05/2014 - Entre os desafios para se oferecer educação de qualidade para as gerações futuras, é necessário que se invista cada vez mais na estruturação das instituições de ensino, mas também na qualificação dos professores, pessoas que irão formar os novos cidadãos. A Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais ? Uaitec, programa do governo de Minas, representa um grande avanço neste sentido, com modernos polos de educação a distância, preparados para oferecer diversos cursos para o público mineiro, inclusive para os professores. Uma destas ofertas é o professorpontocom, realizado em parceria com a Universidade Federal de Viçosa ? UFV. O projeto tem como objetivo a produção de material e o oferecimento de cursos de capacitação profissional nas áreas de tecnologia da informação, informática e comunicação (TICs) na prática docente. Em um total de nove cursos, o Professorpontocom abrirá inscrições, no período de 5 a 16 de maio, para professores interessados em aprender sobre Linux. Os cursistas aprenderão a produzir materiais didáticos com ferramentas gratuitas disponíveis para o ambiente Linux, além de aplicar recursos básicos presentes em ferramentas de edição de texto, apresentação, imagem e vídeo. Este curso de 30 horas, com duração de três semanas, será oferecido, na modalidade a distância, utilizando o PVANet, ambiente virtual de aprendizado da UFV, onde todo o material didático será disponibilizado. A metodologia foi desenvolvida pelos princípios pedagógicos da aprendizagem ativa, pautada numa concepção pedagógica interativa, colaborativa e reflexiva, que proporcione uma rede de conhecimento, progressiva e continuada, com autonomia, autodisciplina e comprometimento com o aprendizado. Atualmente está sendo aplicado o curso ?TIC na prática docente: Laboratórios virtuais e já no dia 9 de maio começam as aulas do curso TIC na prática docente: Mídias interativas? que já conta com 600 professores inscritos. Vale lembrar que todo curso oferecido pelo projeto Professorpontocom é reconhecido pela Escola de Formação Magistra e considerado como atividade extraclasse, como determina a Lei nº 20592, de 28 de dezembro de 2012. Para realização do curso, os professores devem possuir o cadastro no portal Uaitec (www.uaitec.mg.gov.br) Fonte: Sectes
Fonte: Esteta - São Paulo/SP


Comentários da notícia