Matrículas para cursos profissionalizantes do Pronatec são prorrogadas

15/04/2014 - Educação - Matrículas para cursos profissionalizantes do Pronatec são prorrogadas A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE) prorrogou para o final do mês as inscrições para os cursos profissionalizantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Até o próximo dia 30, estudantes da rede estadual regularmente matriculados no Ensino Médio poderão fazer sua matrícula nas escolas e centros profissionalizantes que receberão os cursos do programa. Das 7.110 vagas originalmente ofertadas, restam 2.755. Na capital, é possível encontrar vagas no Centro de Educação Profissional e Tecnológica Aurélio Buarque de Holanda; no Centro Educacional de Pesquisas Aplicada (Cepa), as quais estão distribuídas nas escolas estaduais Afrânio Lages, Moreira e Silva e Correia Titara e nas escolas estaduais Maria das Graças de Sá Teixeira (no bairro do Feitosa) e Miram Marroquim (no Jacintinho). Já para os estudantes da Região Norte, existem vagas nas escolas Julieta Ramos Pereira (Paripueira), Nossa Senhora da Apresentação (Porto Calvo), Sebastião Felisberto (Barra de Santo Antônio), Ambrósio Lira (Passo do Camaragibe) e Batista Acioly (Maragogi). Também há vagas nas escolas estaduais Pedro França Reis (Arapiraca),Dom Constantino Luers (Campo Alegre) e Mileno Ferreira (Santana do Ipanema) e no Centro de Educação Profissional e Tecnológica Maria Alice Beltrão, em Coruripe. A coordenadora do Pronatec na SEE, Tânia Almeida, aponta os benefícios de se fazer um curso profissionalizante. “É muito importante que nossos alunos façam as suas matrículas e aproveitem a oportunidade de se qualificar em cursos de alta qualidade e que lhes proporcionarão a chance de ter uma profissão após concluir o Ensino Médio”, afirma. Os estudantes de Ensino Médio da rede estadual que ainda desejam se matricular devem procurar a instituição de seu interesse munidos de documentação pessoal - identidade, CPF e comprovante de residência - e de abertura ou número de conta corrente ou conta poupança da Caixa Econômica Federal. Se o estudante for adolescente, deverá abrir a conta poupança. Concluintes do Ensino Médio As pessoas que já concluíram o Ensino Médio em alguma escola da rede pública ou particular e que desejam fazer um curso profissionalizante do Pronatec também poderão se matricular. Neste caso, a inscrição será feita online pelo endereço pronatec.mec.gov.bre as vagas são exclusivamente para os cursos de formação inicial e continuada (FIC), com carga horária de 160 a 400 horas “A inscrição online está disponível no site do Pronatec a partir desta segunda-feira, dia 14. Ao acessar o sistema, o candidato poderá escolher o curso que seja de seu interesse em uma escola ou centro que esteja mais próximo de sua residência. Quem está cursando o Ensino Médio em escola particular também poderá fazer sua inscrição online”, explica Tânia Almeida. Vagas sobrando - Confira abaixo a lista de algumas das escolas e centros da rede estadual que ainda possuem vagas para os cursos do Pronatec: Centro de Educação Profissional e Tecnológica Aurélio Buarque de Holanda (Maceió) - 700 vagas; Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa) – 478 vagas, das quais 267 para a Escola Afrânio Lages; 180 para a Escola José Correia da Silva Titara e 31 para a Escola Moreira e Silva; Escola Maria das Graças de Sá Teixeira (Maceió) – 92 vagas Escola Miram Marroquim (Maceió) – 29 vagas Arapiraca: Escola Estadual Professor Pedro de França Reis, com 31 vagas Santana do Ipanema: Escola Estadual Professor Mileno Ferreira, com 288 vagas Coruripe: Centro de Educação Profissional e Tecnológica Maria Alice Beltrão, com 330 vagas Campo Alegre: Escola Estadual Dom Constantino Luers, com 57 vagas Barra de Santo Antônio: Escola Estadual Sebastião Felisberto, com 150 vagas Maragogi: Escola Estadual Batista Acioly, 31 vagas Passo do Camaragibe: Escola Estadual Ambrósio Lira, 29 vagas Porto Calvo: Escola Estadual Nossa Senhora da Apresentação, 162 vagas Fonte: Agência Alagoas
Fonte: Alagoas em tempo real - Maceió/AL


Comentários da notícia