Empresa cria máquina que troca moedas por crédito

16/01/2014 - CataMoeda é uma máquina que recebe trocados e os converte em crédito para o cliente utilizar na loja que tem o equipamento Empresa catarinense apoiada pelo Fundo SC, lançado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), apresenta uma solução inovadora para um problema constante nos caixas do País: a falta de moedas: o CataMoeda, que é também o nome da companhia. Trata-se de uma máquina que recebe os trocadinhos e os converte em forma de crédito para o cliente utilizar na loja que tem o equipamento. Por serem pequenas e difíceis de carregar, as moedas acabam, muitas vezes, saindo de circulação, guardadas em casa ou nos famosos cofrinhos. O problema é que além de dificultar o troco no varejo, esse dinheiro não rende e perde poder de compra. A vantagem para o consumidor? Em vez de o dinheiro ficar parado e se desvalorizar, armazenado no CataMoeda é acrescido um bônus de 2%. A presença da máquina também gera resultados positivos para as lojas. “O sistema de créditos fideliza o consumidor e melhora a experiência de compra”, conta o empresário Victor Levy, que teve a ideia do negócio. Ele explica que as lojas pagam um aluguel fixo mensal pelo uso da máquina. O CataMoeda é responsável por prover a assistência técnica, quando necessário. Victor gosta de empreender e teve a ideia do projeto em uma viagem ao redor do mundo que fez em busca de inspiração. No ano de 2011, ele apresentou o projeto para seus colaboradores. Em 2012, a empresa recebeu investimentos do Fundo SC, voltado para desenvolver empreendimentos catarinenses, ainda na fase de implantação, nas áreas de tecnologia da informação, bioengenharia e nanotecnologia. Este fundo foi criado em 2008, com parceria da BZPlan e a FIR Capital. A participação da Finep foi concretizada por meio do Programa Inovar Semente. O CataMoeda começou a funcionar há apenas três meses e está disponível em sete lojas, principalmente mercados, nos estados de São Paulo, Santa Catarina e Paraná. Através do site da empresa é possível fazer uma simulação de como utilizar a máquina e quanto o dinheiro rende. Finep
Fonte: Portal Brasil


Comentários da notícia