Como gerir bem a época da semeadura?

15/01/2014 - Frequentemente, sou indagado sobre como é possível ganhar dinheiro. Obviamente, a resposta é complexa e envolve diversas disciplinas, da Psicologia à Contabilidade. No caso dos empreendedores, no entanto, posso sugerir uma conduta: compre bem, produza bem, entregue bem e receba bem. Esses procedimentos fazem o caixa tilintar. Em meu livro Você, um Grande Empreendedor, escrito em parceria com o professor Luiz Roberto Carnier, explico que as chamadas melhorias contínuas fazem com que permaneçamos competitivos e gerando caixa. No entanto, ouso afirmar que o crescimento acelerado não vem desses aprimoramentos, mas da inovação, dos saltos que damos ao criar um novo produto ou serviço ou, ainda, um novo modelo de negócio. Tenho tratado com carinho deste tema, pois é o que importa neste início de ciclo, quando muitos iniciam novos projetos profissionais. Janeiro é um bom mês para esse tipo de reflexão. O empreendedor moderno e de sucesso sabe que entregar metas de curto prazo é vital para a saúde financeira do negócio. Ao mesmo tempo, reconhece que a inovação e a invenção constituem a base para um futuro maior e melhor. Pensar grande dá o mesmo trabalho que pensar pequeno.Logo, pensemos grande! Porém, você pode estar se perguntando como é possível tornar grande algo que ainda é pequeno. A resposta é: crescendo rapidamente. Ora, mas como imprimir esta velocidade ao negócio? Obtenha e aplique a receita do bolo. O que dá resultado precisa virar rotina imediatamente. O que ainda não funciona necessita ser aprimorado ou substituído.Em determinado momento, essa grande coleção de acertos engordará a rotina. Neste ponto, temos os processos, ou seja, um conjunto de atividades que gera o resultado esperado. Neste início de ano, revise conceitos, atitudes e procedimentos. Depure a sua rotina. Onde houver erro, falha e ausência, procure a correção.Onde houver oportunidade, inove. No entanto, preste atenção: a boa inovação não é maluquice. Não é episódica nem serve unicamente a causar espanto. Ela gera soluções, facilidades, conforto e prazer de forma consistente, incorporando-se à rotina e aprimorando o processo. Pense. Revisite-se. Disponha-se a pensar grande. Afinal, a teoria, na prática, funciona!
Fonte: Carlos Júlio.com.br


Comentários da notícia