Envelhecimento rápido e mais escolaridade explicam redução na força de trabalho do Brasil

15/01/2014 - Segundo professor da UFRJ, país vive transição demográfica RIO - O envelhecimento rápido da população brasileira e a maior escolaridade ajudam a explicar a redução na força de trabalho do país e, em consequência, o aumento dos inativos, segundo o professor do Instituto de Economia da UFRJ João Saboia: — Está acontecendo uma transição demográfica muito rápida com envelhecimento da população junto com a redução da atividade da população até 24 anos, provavelmente procurando aumentar sua escolaridade. De acordo com Saboia, a população entre 25 e 49 anos, que é faixa etária mais importante para o mercado de trabalho, está praticamente estável. Nesse grupo, a taxa de atividade (parcela dos que trabalham ou buscam emprego) se mantém em 82%. Para Saboia, a redução da taxa é muito positiva e chama a atenção a desocupação muito baixa de Porto Alegre (2,6%) e Rio (3,8%). Lucianne Carneiro
Fonte: O Globo


Comentários da notícia