Novo aplicativo permite ler até mil palavras em um minuto

26/03/2014 - Espécie de versão digital da técnica de leitura dinâmica, um aplicativo para celular que chega hoje ao Brasil permite ler mil palavras em um minuto. Com a ferramenta, seria possível ler um romance de 300 páginas em pouco mais de uma hora. Soa revolucionário para quem vive reclamando da falta de tempo para ler tudo o que gostaria. Mas será que o cérebro é capaz de processar a informação nesse ritmo de leitura? O software criado pela empresa americana Spritz exibe uma sequência de palavras rapidamente, com uma letra em vermelho, sempre no mesmo lugar. Isso faz com que o leitor fixe um ponto de atenção, eliminando o movimento dos olhos, que atrasa a leitura. Testes realizados nos últimos dois anos, conforme a empresa, mostraram que usuários conseguem dobrar sua velocidade de leitura já nas primeiras tentativas – com alto potencial de compreensão do conteúdo. Segundo Juarez Lopes, um dos precursores das aulas de leitura dinâmica, a lógica do aplicativo é a mesma que ele ensina. A diferença é que seus alunos aprendem a usar os dedos para "fazer os olhos correrem pelo texto". – O problema é que nem tudo o que precisamos ler estará adaptado a essa tecnologia – aponta o professor. Lopes afirma que pessoas treinadas para a leitura dinâmica são capazes de atingir a mesma velocidade de leitura proposta pelo aplicativo – mil palavras por minuto – com ampla capacidade de compreensão. A questão é condicionar o cérebro para isso. Já a coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Unisinos, Rove Luiza de Oliveira Chishman, tem dúvidas do potencial de se reter conhecimento ao ler com essa rapidez. – Ler é mais do que decodificar letras e palavras, envolve dar significado, fazer conexões – resume. Elizeu Coutinho de Macedo, psicólogo com doutorado em neuropsicologia com ênfase em leitura e escrita, considera impossível ler mil palavras em um minuto com boa compreensão. Em média, um leitor proficiente processa 300 palavras por minuto. Professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Macedo explica que o tempo de assimilação difere entre uma palavra e outra, conforme a familiaridade que o leitor tem com o vocabulário. Além disso, como a tela mostra uma palavra de cada vez, o efeito de facilitação semântica – a relação que o cérebro faz entre "vaca" e "leite", por exemplo – fica prejudicada. E ainda, segundo o psicólogo, 30% da leitura é retroativa, ou seja, o leitor volta aos trechos mal compreendidos, e o software não oferece essa opção. Inicialmente, o aplicativo estará disponível para a leitura de e-mails no Galaxy S5 e no relógio Gear 2, com lançamento previsto para hoje. O Spritz - Saiba como o app funciona App embutido celular Galaxy S5 e no relógio Gear 2, lançados hoje pela Samsung no Brasil, permitirá leitura acelerada de e-mails. l A ferramenta permite que o usuário escolha a velocidade de leitura, podendo chegar a até mil palavras por minuto. l A técnica usada pelo software já era conhecida, a diferença é a adaptação para telas diminutas. l O aplicativo identifica o Ponto de Reconhecimento Óptico (ORP, em inglês), de modo que o cérebro humano não precisa que os olhos foquem em todas as letras, uma de cada vez, mas assimila a palavra rapidamente ao ver o ORP, destacado com uma letra em vermelho na tela. Faça o teste! l No site www.spritzinc.com, é possível conferir como a ferramenta funciona na prática.
Fonte: Zero Hora - Porto Alegre/RS


Comentários da notícia