Dicas ajudam a ganhar mais e avançar na carreira

26/03/2014 - Empresas existem para resolver problemas. Para ser bem-sucedido, você deve fazer o mesmo O valor do trabalho de uma pessoa é diretamente proporcional à sua capacidade de solucionar problemas. Empresas existem para fazer isso por seus clientes e, portanto, o indivíduo deve ter esse mesmo propósito em sua carreira. Quando o profissional não desenvolve essa capacidade, sua carreira é interrompida, ou evolui vagarosamente. Ele não entende por que não ganha mais, mesmo que seu esforço seja grande. Acontece que ter mais conhecimento e ser esforçado não significa, necessariamente, ter mais capacidade para dar soluções. Isso porque é preciso transformar conhecimento em soluções que tenham valor para as empresas e seus clientes. Todos nós precisamos avaliar que tipo de profissional somos. Existe o profissional que é a fonte de problemas. Por desonestidade ou simples incompetência, seus atos complicam tudo. Não segue normas e procedimentos. É bom para culpar os outros pelos resultados negativos de suas ações. Devido às suas conexões políticas na empresa, é difícil de ser removido de seu cargo e, por isso, é motivo de dor de cabeça e exaustão para seus colegas de trabalho. Existe aquele que soluciona somente os seus problemas. Preocupado com o emprego, faz o mínimo necessário para mantê-lo. É um profissional que precisa evoluir, ter um propósito mais elevado e saber que a empresa e os clientes não existem para sustentar seu emprego. É ele quem deve contribuir com ambos. Podemos identificar o terceiro tipo como o apagador de incêndio. É aquele que está o tempo todo reagindo aos problemas que acontecem. Dá conta de tudo e, por essa razão, é bem popular na empresa. Mas sua agenda é estressante. É o indivíduo que precisa aprender a planejar para que situações urgentes não sejam as únicas em sua agenda. Existe também o navegador. É a pessoa boa de previsão e que consegue, portanto, supor quais problemas surgirão ao longo da jornada e criar condições de contorno, para que eles não afetem o andamento das tarefas. Por último, há aqueles que são verdadeiros empreendedores. Isso porque, quando descobrem um problema, analisam, aprendem, planejam e executam para que ele nunca mais ocorra. É o que chamamos de super-resposta. Quantas vezes, como clientes, enfrentamos um mesmo problema repetidamente, sem que a empresa consiga dar uma solução definitiva? É pela falta desses empreendedores internos que isso ocorre. Você merece mais em sua carreira. Atue como dono do negócio e procure deixar os clientes mais que satisfeitos: transforme-os em fãs da companhia. Empresas existem para resolver problemas. Para ser bem-sucedido, você deve fazer o mesmo. Vamos em frente!
Fonte: OLHAR DIGITAL


Comentários da notícia