Projeto oferecerá ajuda gratuita para inserção na universidade

25/03/2014 - Alguns universitários envolvidos em mais uma reunião para discutir os últimos detalhes de projeto inovador na área filantrópica educacional Montes Claros é cidade universitária com mais de 30 mil estudantes cursando alguma graduação nas mais de 20 instituições de ensino superior aqui existentes nas modalidades presencial ou semipresencial. Diante disso, o sonho de muitos jovens é poder ter acesso ao ensino de qualidade numa destas instituições. Porém, muitos não dispõem de recursos financeiros para se preparar devidamente. Diante de tal dificuldade Montes Claros ganhará neste próximo mês uma iniciativa inovadora denominada de “Projeto Educação Transforma” e que tem a frente universitários de várias instituições de ensino superior desta cidade. Um dos idealizadores da ação, Jonatas Braga, tem feito, frequentemente, reuniões com os demais membros do projeto para acertar os detalhes finais que tem a previsão de iniciar no próximo dia 2 de abril. Ouvido pela GAZETA NORTE MINEIRA, ele comentou que, num primeiro momento, o grupo de universitários de diversas áreas do conhecimento começará as atividades com aulas voltadas para a preparação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “Teremos como público alvo desta nossa ação os alunos carentes, oriundo de escolas públicas ou municipais. Então, através dessa nossa assistência, eles se sentirão melhor preparados para prestarem as provas do Enem e também de vestibulares. Também ofereceremos, gratuitamente, aulas de reforço nas disciplinas que necessitarem de ajuda”, adianta o universitário que cursa o último ano de História numa universidade pública do município. Ele acrescentou que o “Educação Transforma” está aberto a participação de mais acadêmicos que queiram somar nesta corrente de solidariedade em prol de uma educação universal e democrática, “já que muitos estudantes carentes não dispõem de recursos financeiros para pagar um cursinho e através dessa ajuda poderão ter uma perspectiva melhor de concorrer em condições de igualdade em relação a quem teve a chance de custear os estudos”, salienta o educador. Braga acrescenta que os universitários irão oferecer a assistência de forma itinerante, “seja em bibliotecas públicas, salas de instituições de ensino, além dos chamados “plantões” para esclarecimento de dúvidas”, enfatiza ao acrescentar que para quem desejar fazer parte da causa basta entrar em contato com o telefone 9162-7135 ou 9102-5569. Já o site do “Educação Transforma” é o (http://educacao-transforma3.webnode.com/), enquanto que na rede social é o: (https://www.facebook.com/educacaotransforma?fref=ts).
Fonte: Gazeta Norte Mineira


Comentários da notícia