Presidenta promete prosseguir expansão da rede profissional

25/03/2014 - Pronatec - No programa semanal Café com a Presidenta de segunda-feira, 24, Dilma Rousseff falou sobre as oportunidades criadas pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “Ao oferecer a homens e mulheres a chance de ter uma qualificação profissional, nós estamos garantindo, para milhões de brasileiros, o acesso às oportunidades. A nossa meta é chegarmos a 8 milhões de brasileiros matriculados no Pronatec”, afirmou a presidenta. Criado em 2011, o Pronatec já realizou mais de 6 milhões de matrículas em todo país. Foram 1,7 milhão de matrículas em cursos técnicos de nível médio e 4,4 milhões em cursos de qualificação profissional, de menor duração. Há cursos do Pronatec sendo oferecidos em mais de 4 mil cidades em todos os estados do Brasil. Entre todas as matrículas do Pronatec, mais de 1 milhão foram feitas por mulheres, homens e jovens beneficiários do programa Brasil sem Miséria, que recebem o Bolsa Família. Segundo a presidenta, o programa é uma porta de entrada para o mundo do trabalho. “A maioria do público que está fazendo os cursos do Pronatec é formada por mulheres, essas batalhadoras, essas guerreiras, trabalhadoras, que todos os dias fazem o nosso país funcionar. As mulheres respondem por seis em cada dez matrículas do Pronatec”, disse Dilma. Os cursos ofertados pelo Pronatec são gratuitos e realizados pelos institutos federais de educação tecnológica e profissional, pelas escolas do Sistema S, Senai, Senac, Senat e Senar; e pelas escolas técnicas estaduais credenciadas. São 220 cursos técnicos e 646 de qualificação profissional. “Nós vamos continuar expandindo a rede dos institutos federais de educação profissional e tecnológica, interiorizando pelo Brasil afora as nossas escolas técnicas federais”, afirmou a presidenta. Desde 2011, foram abertas 152 unidades de institutos federais e esse número deve chegar a 208 até o final do ano. Assessoria de Comunicação Social
Fonte: MEC


Comentários da notícia