4 ações para ser um franqueado de sucesso

24/03/2014 - Consultora de franquias explica o que faz um franqueado se destacar em uma rede Respondido por Lyana Bittencourt, especialista em franquias Um dos principais desejos de qualquer franqueado é conseguir maior rentabilidade para sua unidade no menor espaço de tempo possível. O que acontece, via de regra, é que cada franquia exige um tempo para que a operação comece a gerar lucros, podendo levar de um a dois anos. No entanto, o franqueado pode diminuir esse prazo se souber como se diferenciar e se destacar entre os franqueados da rede. Aqui estão rquatro dicas para que o franqueado atinja esses objetivos. 1. Engajar-se com a marca Desde o momento da escolha da franquia, o franqueado deve ter em mente que seus valores e os da marca precisam estar alinhados, pois essa sinergia fará toda a diferença no dia-a-dia da operação. Entender o conceito do negócio facilita o relacionamento com o franqueador e permite que a unidade transmita os conceitos da marca com mais propriedade. Tudo isso vai gerar mais valor aos produtos e serviços oferecidos ao cliente final. 2. Cuidar das pessoas O sucesso do franqueado depende também do engajamento de seus colaboradores. O grande desafio aqui é encontrar e reter bons funcionários. Por isso, é importante investir na capacitação da equipe, dedicar tempo para transmitir os valores da marca e orientar constantemente os colaboradores na execução de suas tarefas. Com um time dedicado, o franqueado consegue implementar estratégias de crescimento mais facilmente. 3. Investir no marketing local Não se deve esperar apenas que o franqueador indique quais as melhores ações de marketing local para a unidade. É importante pesquisar, observar e buscar informações sobre o mercado local. Mantenha um relacionamento próximo com os clientes e sugira ações diferenciadas para a unidade, desde parcerias até investimentos em publicidade na região de atuação da franquia. 4. Inovar sempre Para um franqueado se diferenciar, inovar é uma palavra-chave no mais literal sentido da palavra: o franqueado dever trazer ideias novas e sugeri-las ao franqueador. Se perceber que um produto se destaca mais que outro, porque não pensar em ação casada que eleve o consumo dos dois? Se vislumbrar oportunidades para sua unidade, porque não levar isso à franqueadora? O franqueado deve estar antenado para tudo que pode influenciar sua operação e compartilhar suas ideias e alternativas com a franqueadora para, a partir do aval dela, colocar tudo em prática. A experiência do franqueador no negócio conta muito no momento de saber se a ação pode ou não dar certo. Lyana Bittencourt é especialista em franchising e diretora de Marketing e Desenvolvimento do Grupo Bittencourt. Editado por Priscila Zuini
Fonte: EXAME.com


Comentários da notícia