5 coisas que você DEVE saber para elaborar um plano de aprendizado

24/03/2014 - Quer que seus alunos aprendam mais rapidamente e melhor? Veja 5 coisas que você deve sempre manter em mente para elaborar um plano de aprendizado Dentro do seu plano de aulas é essencial que você reserve um espaço para o feedback Se você deseja que seus alunos possam aprender mais em menos tempo, isso é possível por meio de um plano de aprendizado. Porém, para que você consiga elaborar um plano eficaz, é imprescindível que você mantenha 5 coisas em mente. São elas: 1 – Priorize Priorizar as tarefas e conteúdos realmente importantes é a chave para que seus alunos tenham uma melhor experiência de aprendizado. Mostre a eles quais são os tópicos mais importantes para a sua formação, diga quais assuntos serão mais cobrados nos trabalhos e provas e os ensine a perceber quais são as prioridades. Além de otimizar o tempo de estudos, a capacidade de definir as tarefas são importantes é útil também para a vida profissional. 2 – Hierarquia Nunca se esqueça de que você é o professor e, por isso, é a figura de autoridade na sala de aula. Isso não impede que você tenha um bom relacionamento com os alunos, porém, não esqueça a importância da hierarquia na sala de aula. O seu papel, como líder, é guiar todos os estudantes para o mesmo objetivo, contornar possíveis problemas e ajudá-los quando eles tiverem dúvidas. 3 – Atividades É essencial que as suas aulas contenham atividades que instiguem os alunos a aprender. Não crie planos de aula que consistam com você falando, em pé, e os alunos sentados e olhando para a lousa. Essas aulas são cansativas e até mesmo tediosas para os alunos atuais. Tente sempre, quando possível, trazer novidades para eles e propor trabalhos mais modernos, criativos e interativos. 4 – Habilidades Se você se preocupa em fornecer uma boa formação para os seus alunos, lembre-se que a sua matéria é somente um dos assuntos importantes. Para que um estudante esteja preparado para o mercado de trabalho, você deve desenvolver outras habilidades neles, como o trabalho em equipe, criatividade e responsabilidades. Elabore exercícios e atividades que além de ensiná-lo sobre o assunto da aula também ajudem a torná-los profissionais melhores. – Feedback Dentro do seu plano de aulas é essencial que você reserve um espaço para o feedback. Seus alunos devem se sentir confortáveis para dizer o que acham da sua aula e é importante que você os escute. No final de cada bimestre, veja se os objetivos foram alcançados e faça uma autoanálise das suas aulas.
Fonte: Universia Brasil


Comentários da notícia