Sindicato quer auxílio-saúde para professores do estado

05/03/2014 - A União dos Professores Públicos no Estado (Uppes) encaminhou um ofício à Secretaria estadual de Educação, pedindo o pagamento de um auxílio de R$ 500 para ajudar os docentes ativos e inativos da rede estadual nas despesas com o pagamento de planos de saúde. “É inadmissível que um educador, que tanto contribuiu para a nossa sociedade, tenha que recorrer a empréstimos para sanar os gastos com a saúde”, afirmou a presidente da Uppes, Teresinha Machado da Silva. De acordo com ela, a situação dos aposentados é ainda mais grave, já que eles não recebem muitas das gratificações pagas aos ativos. A Secretaria estadual de Educação lembrou que a Secretaria de Planejamento fez convênios com operadoras de planos de saúde, permitindo que os servidores do estado tenham “descontos substanciais” na assistência. Segundo Teresinha, muitos professores têm relatado dificuldades para pagar remédios e tratamentos médicos. Extra
Fonte: O GLOBO


Comentários da notícia