Unicamp prepara um novo pacotão de obras

05/03/2014 - A Unicamp anunciou investimentos de R$ 10 milhões para obras e serviços de infraestrutura nas unidades, colégios técnicos, centros e núcleos e unidades da área de saúde. O edital que cita o recurso foi aprovado pela Copei (Comissão de Planejamento Estratégico Institucional) da universidade. De acordo com o portal da Unicamp, as propostas devem ser encaminhadas à Pró-Reitoria de PRDU (Desenvolvimento Universitário) até o dia 15 de março, para a seleção dos projetos pela Copei té 15 de abril. O valor máximo por projeto (limitado a um por unidade) é de R$ 2 milhões. Diante da demanda por projetos de infraestrutura que chega à administração central, a preferência é que estes recursos sejam alocados para obras. Esta chamada interna está ligada às atividades do Planejamento Estratégico de 214, que este ano recebeu uma dotação orçamentária bem superior às de anos anteriores, diz o professor Alvaro Crósta, coordenador-geral da Universidade e presidente da Copei. A ideia é disponibilizar uma verba bastante expressiva para atingir as metas propostas no Planes. Com esses R$ 10 milhões, estamos alocando quatro vezes mais recursos que no ano anterior, diz. A professora Teresa Atvars, pró-reitora de Desenvolvimento Universitário, diz que a seleção se dará em duas fases, a primeira no âmbito da própria Copei, examinando se os projetos estão de acordo com o edital; e a segunda de avaliação do mérito, por uma comissão mista com pessoas da Unicamp e de fora. Em relação ao prazo um pouco curto para entrega das propostas, estamos imaginando que para esta chamada já existam várias com o projeto executivo detalhado e com um orçamento. Por outro lado, queremos aprovar os projetos na reunião da Copei em abril, pois envolvem obras, cuja licitação é demorada.? MAIS Meta é atrair alunos e pesquisas inovadoras Alvaro Crósta ressalta o que serão priorizadas obras que impactem positivamente no crescimento do número de alunos de graduação, viabilizem áreas de pesquisa inovadoras, utilizem critérios bem definidos na distribuição do espaço físico para atividades de pesquisa, que tenham o projeto executivo detalhado e pronto para ser licitado, e contenham, ainda, descrição pormenorizada e orçamento necessário para as obras e instalações. 1.739 É o número de docentes da universidade. E são 18 mil alunos matriculados Universidade é destaque em lista de consultoria mundial A Unicamp aparece entre as 50 melhores do mundo em três áreas de conhecimento, de acordo com o mais recente ranking setorial divulgado pela consultoria internacional de educação superior QS. As áreas de destaque da Unicamp na listagem são agricultura e ciências florestais (primeiro lugar no Brasil e 22º no mundo), história (primeiro lugar no Brasil e 34º no mundo) e Filosofia (primeiro lugar no Brasil e 42º no mundo). "O ranking da QS por áreas do conhecimento de 2014 coloca mais uma vez em evidência o destacado desempenho acadêmico da Universidade Estadual de Campinas no contexto nacional e mundial", afirmou Alvaro Crósta, coordenador geral da Unicamp.
Fonte: Diário de São Paulo - São Paulo/SP


Comentários da notícia